Nove filmes para ver em Macau na mostra de cinema português

2 min read
especial JTM

A Mostra de Cinema Português realizada no âmbito das comemorações do 10 de Junho conta com nove filmes. A sessão abre com “Tristeza e Alegria na Vida das Girafas” e depois haverá duas sessões de curtas

A Cinemateca Paixão vai receber a 5ª Mostra de Cinema Português no âmbito das comemorações do 10 de Junho – organizada pela Portugal Film, Fundação Oriente e Casa de Portugal. Conta ainda com o apoio do Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, do Instituto Português do Oriente, da AICEP e da associação XCESSU.

Na sessão de abertura, a 5 de Junho, pelas 21:30, o público pode ver o filme de ficção “Tristeza e Alegria na Vida das Girafas”, de Tiago Guedes, que recentemente viu seleccionado em Veneza o seu filme ‘A Herdade’, indica um comunicado enviado pelo Consulado às redacções. Aborda “o tema da ausência e da dor do crescimento de uma forma invulgar”.

A 6 de Junho, haverá duas sessões de curtas – com início às 19:00 e outra às 21:30. A sessão da tarde abre com a mais recente curta de Catarina Mourão que no ano passado esteve presente na mostra, para um workshop de documentário. “O Mar Enrola na Areia” estreou internacionalmente no prestigiado festival suíço “Visions du Réel”. É um retrato ficcional do “Homem do Apito”, uma personagem que vagueava pelas praias portuguesas durante o Estado Novo, e que vivia da caridade dos banhistas.

Da mesma sessão fazem ainda parte os filmes “Em Caso de Fogo”, de Tomás Paula Marques, e “Invisível Herói”, de Cristèle Alves Meira. Termina depois com “Past Perfect”, de Jorge Jácome, que viveu em Macau durante a sua infância. Caso não fosse a pandemia, seria o convidado do workshop deste ano

Já a sessão de curtas que encerra a edição deste ano, conta com “Poder Fantasma”, de Afonso Mota; e “Estas Mãos São Minhas”, de André Miguel Ferreira. “Raposa”, de Leonor Noivo, realizadora com fortes ligações a Macau, também poderá ser visto, e, para terminar, será projectado o filme “The Marvelous Misadventures of the Stone Lady”, de Gabriel Abrantes.

Parceria JTM/SinalAberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *