Querido José Barata. Com aquela liberdade que os jornalistas gostam de exibir, aproveito o correio…